Sobre

Você consegue imaginar quanto um cofrinho pode arrecadar?

O plano de um diretor de uma ONG era colocar uns cofrinhos esparramados pelo pelos bares e lojas ao redor, mais por compaixão do que outra coisa. Queria dar oportunidade aos pobres atendidos a se sentir participantes, doando alguns centavos.

Já o meu objetivo era outro. Queria provar que focando em logística e escala, aqueles cofrinhos dariam certo, arrecadariam milhares de reais. Mas eu errei.

Eles arrecadam hoje 3 milhões de reais por ano.

Para chegar a isso, durante 6 meses foram feitas várias experiências. Formatos diferentes, frequencia de coleta, mensagens, e locais variados.Testamos com uns 50 cofres.  Quando aprendemos como tudo funcionava e escolhendo as melhores opções, vimos que cada cofre rende em média de 200 a 300 reais a cada 45 dias. Então passamos para a 1000 cofres. Fez as contas? 1000 vezes 200 reais igual a 200 mil reais a cada 45 dias. Pra chegar a 3 milhões foi só seguir multiplicando cofres e logística.

A soma do apoio das pessoas comuns é sempre maior e mais sustentável do que um único grande apoio.

Mas você clicou aqui no Sobre pra saber sobre quem sou, o que faço e como posso te ajudar, certo?

Bem, eu não sou um especialista em cofrinhos. Mas nos últimos 20 anos ajudei pessoas e causas a descobrir como conseguir dinheiro com propósito.

Foram mais de 20 mil alunos até agora, de 6 países diferentes.

Um dia fiz um cálculo rápido e devem ser mais de 800 milhões de reais obtidos em doações  por essas pessoas e ONGs. Eu também ajudei a que eles definissem foco, virassem o jogo e vivessem uma melhor relação com o dinheiro, a abundância e o fluxo. Dinheiro é parte do jogo de trabalhar com causas. Basta saber jogar.

Não é mágica, não tem mística. É trabalho, concentração, foco. É uma jornada.

Depois de tantos anos atuando com ONGs, reorientei meu propósito focando em pessoas.

Melhores pessoas geram um mundo melhor. Vamos transformar o mundo, transformando-nos.

Eu posso te ajudar a dar os passos para alcançar essa mudança em você e no seu trabalho.

Eu sei disso porque eu e tantos outros já conseguimos. Já ajudei centenas de pessoas e não tem porque você não conseguir também.

O que vi nesses anos ensinando ONGs a conseguir recursos é que meus melhores alunos não só arrumavam recursos para a ONG que trabalhavam.  Eles também conseguiam recursos para a formatura da filha, a operação da tia, o picnic comunitário do bairro. O terreno para o hospital. Essas pessoas vivem em abundância, com propósito. O que fazem de especial?

Mudam o paradigma a partir de um novo modelo mental.

Eu não sei exatamente onde você se encontra. Ou o quanto você ganha. Ou quais seus sonhos e medos. Mas posso te dizer uma coisa:

Se você tem alguma vontade de trabalhar com propósito, e principalmente conseguindo aliados e recursos para isso, então teremos uma boa conversa.

Sei que talvez, no início, isso possa parecer difícil. Até impossível as vezes. Mas fique tranquilo que estou aqui para ajudar. Até porque… Sabe o que eu acredito? Eu acredito que viver com propósito hoje é a maneira mais eficiente e prazeirosa para se encontrar aliados, abundância  e bem estar.

Não existe absolutamente nenhum motivo hoje pra você trabalhar com algo que você não gosta.

Conseguir aliados que financiam sua causa é absolutamente diferente de ser refém da falta de recursos, das reuniões sem resultados, das migalhas obtidas.

Hoje a gente já tem muitas e muitas ferramentas que ajudam nessa jornada de abundância. Não que ela vai ser um mar de rosas e tudo vai acontecer linda e perfeitamente. Mas ao menos você estará no caminho do que você acredita.

Melhorar o mundo, deixar um legado, sentir prazer no que faz, encontrar milhares de pessoas pelo caminho que apoiam a causa. Sua causa.

Eu comecei minha vida profissional trabalhando numa multinacional de consultoria. Mas rapidamente aquilo não fazia o menor sentido pra mim apesar ter virado gerente com 23 anos.Larguei.

Comecei a trabalhar com projetos culturais, captei muito dinheiro, montei uma produtora e em dois anos tinha 26 funcionários. Mas vi que aquilo também não era pra mim. Faltava algo. Deixei a sociedade.

Eu buscava propósito, mas tinha uma filha recém nascida e precisava de dinheiro. Tive que dar o salto no vazio.

(Essa é a diferença. Você não precisa dar o salto no vazio. Eu vou te acompanhar na jornada.)

Agora vou colocar uma lista de coisas que fiz nesses últimos 20 anos, aliando minha vida profissional com meu propósito de vida. Até o ano passado, meu propósito era auxiliar o maior número possível de ONGs a ganhar dinheiro.

  • Escrevi 2 livros sobre captação de recursos. Antes não existia nenhum no Brasil.
  • Fiz o primeiro curso com graduandos de ADM para ONGs. Hoje tem mais de 15 edições.
  • Fundei com outras pessoas uma associação de captadores. Não existia antes no Brasil.
  • Criei o primeiro Congresso sobre o tema. Hoje está na décima edição.
  • Lancei um livro no Mexico em um ginásio para mais de 2 mil pessoas.
  • Capacitei todas as ONGs focadas em pacientes na America Latina
  • Lancei o #diadedoar no Brasil. Essa iniciativa está hoje associada a 30 outros países.
  • Criei o Instituto Doar, cuja missão é ampliar a cultura de doação no Brasil
  • Formei mais de 20 mil alunos no on e offline.
  • Fui coach de mais de 200 empreendedores sociais.
  • Fiz consultoria para mais de 70 ONGs.
  • Lancei o #diadedonar no Uruguay. em 2017.
  • Lancei o #melhoresOngs com a Revista Época. Um premio anual das 100 melhores.
  • Ganhei o premio Captador Emérito do Brasil, uma espécie de Hall of Fame.

 

Eu não coloco aqui o que eu fiz ou deixei de fazer pra me gabar. Eu somente mostro isso porque eu sei que posso ajudar você a seguir seu propósito como eu fiz com o meu.

De uns anos pra cá eu comecei a enxergar uma mudança de propósito em mim. Faz um ano que fiz uma lapidação no meu propósito, agora meu foco é em PESSOAS, independentemente de onde elas estejam e no que trabalhem.

Sei que ainda tem milhares de ONGs com problemas. Mas em quase 20 anos eu vi que ajudei a construir um ecosistema. São milhares de pessoas trabalhando para melhorá-las. E isso é ótimo.

E hoje são as pessoas e suas jornadas de melhoria que são meu foco. As mudanças acontecem graças a elas.

São as pessoas que melhoram o mundo, estejam elas trabalhando em uma ONG, em uma empresa ou escola. No governo ou com um carrinho de pipoca. Em Recife ou Londrina. Buenos Aires ou Barcelona.

Agora meu foco é você. Uma pessoa comum como eu. E vamos fazer coisas incríveis.

É fascinante isso que descobri: que pessoas comuns juntas, fazem coisas incríveis. E que realizam mudanças radicais de mundo. Somos nós, pessoas comuns que fazemos isso. Não é um governo, nem uma empresa, nem mesmo uma ONG, somos nós nesses lugares, ou fora deles.

Vamos lá, comece escolhendo um dos meus cursos.

Ou se já está decidido e quer saber mais sobre minhas mentorias, o link direto é este.

E cadastre-se para receber notícias minhas: